Since 2015 | Todos os textos e imagens foram produzidos por Vanusa Vicelli e/ou Jucienne S R Camilotti, exceto quando sinalizado. | Todos os direito reservados. Proibido divulgação sem autorização.

Vou perder cabelo. Fiquei triste!

23.12.2015

Até o dia da consulta com a oncologista, aqui na minha cabeça, tudo parecia estar em um tempo futuro e distante. Quimioterapia, efeitos colaterais,  cirurgia...

Mas, quando a médica explicou que a partir do décimo sexto dia de químio eu iria começar a perder cabelo e que minha primeira sessão seria dali a poucos dias, tudo veio para o presente.

Nossa!!! de repente ficou assustador.

Quando - no post anterior -  digitei a frase avisando que o tema de hoje seria a expectativa a respeito da perda dos cabelos, uma tristeza foi plantada em mim.

Eu me dei conta que estava sozinha.

Meu filho mais velho estava na academia, o mais novo vendo TV e meu marido jogando pocker com os amigos. A sensação de solidão diante daquela situação ( a perda do cabelo) foi tão forte que comecei a chorar. Aquele choro sem som, sabe? só lágrima que escorresem controle. 

Saí para buscar meu fiho na academia e consegui segurar o choro. Mas, pouco depois dele entrar no carro...comecei a chorar novamente. 

Ele tentou me consolar dizendo que meu cabelo iria crescer e, quanto mais ele tentava, mais eu chorava.

Assim que cheguei em casa, a Dounia fez uma chamada de video. Ela queria me mostrar os lenços que estava separando pra mim. Eram todos lindos! 

Não consegui dizer nada, apenas chorei novamente.

Assim como antes, quanto mais ela tentava me acalmar, mais eu chorava.

Chorei até esvaziar minha tristeza.

Pra me consolar diante da minha fraqueza... apelei mais uma vez  para o artesanato. Fiquei até duas da manhã trabalhando.

Hoje, acordei com dor de cabeça. Provavelmente por ter chorado muito e dormido pouco.

Mas voltei a me sentir mais forte.

Foi bom porque hoje  meus pais e minha irmã vieram nos  visitar. Aproveitei e contei para minha mãe.

Não foi fácil. Mas aproveitei uma brincadeira e falei. Uma preocupação inicial e depois fizemos brincadeiras com o fato de eu decidir não usar peruca!

É possivel deixar tudo mais leve. Um sorriso, uma brincadeira e a minha confiança no tratamento, ajudaram, é verdade! 

 

 

 

Please reload

Destaque

Uma outra Perspectiva para a Cura - Parte III

November 4, 2019

1/7
Please reload

Siga, Curta e Compartilhe
  • Facebook ícone social
Ultimos posts

September 23, 2019

July 13, 2019

Please reload