Since 2015 | Todos os textos e imagens foram produzidos por Vanusa Vicelli e/ou Jucienne S R Camilotti, exceto quando sinalizado. | Todos os direito reservados. Proibido divulgação sem autorização.

Eu, a Carol, a Ju e minha memória (ou a falta dela!)

06.04.2016

 

​Nada como ter amiga fotógrafa, não é?

Se o bom fotógrafo captura o estado das nossas almas, então... a Ju é mesmo porreta e revelou que a minha tá bacana! Apesar dos momentos de desânimo, a alma ainda está alegre!!

Antes de contar sobre o ensaio fotográfico, o quanto nos divertimos e o quanto a Juliana Mundim é boa fotógrafa, quero contar sobre nossa amizade.

 

Um pouco antes do Natal, a Carolina Wolf (amiga linda e querida) veio aqui em casa e me falou da Ju. Disse que iria nos colocar em contato porque estávamos vivendo a mesma situação. 

Bem, poucos dias depois, antes do Reveillon, eu estava na clínica para minha primeira sessão de químio, quando a Carol me ligou para me dar uma porção de carinho. 

Foi muito bom receber aquela ligação, sabe? Foi um daqueles momentos que aquecem o coração da gente.  (Essa foto da Carol, foi a Ju quem fez!! eu recortei pra ficar só a Carolina em quadro, nem sei se a fotógrafa vai aprovar, vixi!!!).

Quando já estava recebendo medicação, escutei o sinal do Messenger. Era a Ju, que se apresentou como amiga da Carol. Imediatamente começamos um papo daqueles! 

Só posso dizer que não paramos mais!  Dias, noites ou madrugadas de insônia, a gente sempre se faz companhia e divide nossas experiências.

Depois de uns dois meses de muito papo virtual, conseguimos encontrar uma brecha nas agendas de químo e a Ju veio aqui em casa.

 

 Parecia que nos conhecíamos há anos. 

Bem, nos vemos pouco é verdade, mas nos falamos sempre. Costumo dizer que a amizade da Ju foi um presente que a Carol me deu! E é pra vida toda (azar o dela, que vai ter que me aguentar!!!).

 

Na foto, a Ju com os filhinhos lindos!!!

 

Assim como a Susan, a Juliana vive as mesmas coisas que eu. Cada uma enfrenta a seu modo, mas as situações são sempre parecidas. Isso nos une de um modo interessante. Todas mulheres fortes, porém humanas e com fraquezas próprias e compreensíveis.

Esta semana, tanto a Juliana quanto a Susan  fazem a última químio!! Estou muito feliz por elas! A Ju está sem os cílios e sem as sobrancelhas, mas logo logo tudo vai voltar ao normal!

E assim como eu e a Susan,  a Juliana também tem sentido muita irritação e dores pelo corpo. Todas reações previsíveis!

Mas Graças a Deus, tudo isso acaba este mês para as duas!

 

Confesso  que pensar nas minhas nove químicos futuras ( eram dez, mas hoje fiz mais uma), meu deu um pouco de tristeza. Não é nada fácil, mas me esforço a pensar que tudo está caminhando muito bem e que vai passar. Percebi que o fato de estar muito inchada ( e ter ainda dois meses de inchaço pela frente, está  mexendo demais comigo também). Continuo tendo alguns momentos de baixa... ando muito sensível... 

Pra ajudar, as notícias de tratamentos mal sucedidos chegam por todo lado. Mesmo que eu tenha certeza do MEU sucesso. Essas notícias me abalam um pouco.

Na consulta de hoje e durante a químio ( o pouco tempo que fiquei acordada) chorei um pouquinho. Um vexame! mas que  me permiti.

Também chorei porque percebi que estou carente de atenção de filhos e marido.

Estou carente. Aceitei isso! 

 

Claro que continuo recebendo atenção e carinho de todo lado. Mas viver numa casa com três homens, não é exatamente um ninho de mimos, convenhamos! Não tô reclamandoooo! só constatando.

 

Os calores, pra ajudar, se intensificaram muito desde a última semana. As noites mal dormidas e o esquecimento ( outra reação ao tratamento) me deixam muito instável. O bom, é que tenho consciência dessas alterações. Acho que, por isso, consigo contornar na maior parte do tempo.

Bem, um momento de muita alegria dos últimos tempos foi a sessão de fotos que a Ju me deu de presente.

Foi uma delícia! Sentei no chão (olha o Buddy aí geeente!!!), joguei lenço pra cima e andei pelo condomínio posando com e sem lenço ou de chapéu!

Já a doida da Ju subiu num cadeirão alto ( e envergou tanto a coluna pra trás que ainda não sei com não caiu, aquela louca!), sentou no chão também, quase deitou e rolou, em busca do melhor ângulo!

 

Rimos muito! muito mesmo!

E o resultado, foram fotos lindas!

A Juliana Mundim trabalha profissionalmente como fotógrafa. Faz fotos de famílias, noivos, crianças! e tem uma sensibilidade e uma delicadeza incríveis no olhar.

Tá, você vai dizer sou amiga e não vale ficar bajulando, né? Então entra aí no perfil dela:

https://www.facebook.com/Juliana-Mundim-Fotografias-652986518138613/?pnref=lhc (copia e cola o endereço).

Viu, só?

 

Bom, sobre os esquecimentos, acho que vou falar mais no próximo post.

E sobre um livro que fala como terapias alternativas e mudanças nos hábitos de vida podem ajudar a previnir e tratar o câncer ( e outras doenças também). Um livro muito, muito bom!

E enquanto escrevia este post, recebi a sugestão  de uma amiga - a Claudine - para divulgar uma animação fofa que explica um pouco do que é câncer, metástase e como funciona o tratamento.

Muito bacana,  eu gostei!! (copia  e cola na barra de endereços, vai aparecer em primeiro lugar!)

https://vimeo.com/80802547

 

Beijos a todos e sempre em frente!!!

 

 

 

Please reload

Destaque

Uma outra Perspectiva para a Cura - Parte III

November 4, 2019

1/7
Please reload

Siga, Curta e Compartilhe
  • Facebook ícone social
Ultimos posts

September 23, 2019

July 13, 2019

Please reload