Since 2015 | Todos os textos e imagens foram produzidos por Vanusa Vicelli e/ou Jucienne S R Camilotti, exceto quando sinalizado. | Todos os direito reservados. Proibido divulgação sem autorização.

Boas notícias e alguns pedidos

18.05.2016

                         Agora faltam três químios!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

                                           foto Juliana Mundim 

Fui ao Dr. Cleverton que fez um exame de imagem. O que vimos confirmou a resposta clínica completa prevista pela onco, DrªDébora Gagliato. Apareceu um ponto com 0,8 mm que pode ser o que resta do tumor ou até uma fibrose, uma cicatriz deixada por ele. 

Agora, a certeza só teremos na ressonância, que farei depois de uma semana do fim das químios e antes da cirurgia!

Os inchaços são mais frequentes, agora. E tenho ficado um pouco ofegante em alguns momentos. Canso até de falar!! pode?? Por outro lado está firme e sinto muita energia interior. Parece que deram corda em mim! mas sabe quando o boneco tá com problema e a corda fica girando e o boneco se mexe mas não sai do lugar? Então, é assim que me sinto, rssss!

Mas, hoje tenho vários assuntos para tratar e quero contar com a paciência de vocês porque são todos importantes e acho que todos podem ajudar ou serem ajudados pelas informações que trago.

Vamos ao primeiro deles!

 

Mulheres Jovens com Câncer

e as possibilidades para engravidar.

Tenho conhecido e recebido depoimentos de mulheres que tem ou  já tiveram câncer. E  fico impressionada com o número de jovens, muito jovens mesmo, com menos de quarenta anos que já tiveram algum histórico com a doença.

Já contei aqui a história da Gi, com câncer de nariz, trinta poucos anos. Outro dia, uma prima  que eu não conhecia ( já reparamos esse erro e nos demos muito bem!), mandou um email através do blog contando que teve câncer de mama duas vezes, um aos 35 e outro aos 38.  Na semana passada, lendo um post no Quimioterapia e Beleza, descobri que a criadora do Blog, a jovem Flávia Flores,  pensa em engravidar. Mas não foi informada - na época do diagnóstico - sobre os riscos de parar de produzir óvulos. Assim que for liberada pelo médico vai tentar engravidar.

Como ela, muitas pacientes não são orientadas a escolher um  método que permita gerar um bebê, no futuro.

E quando se tem uma doença como essa, não dá pra sair engravidando no mês seguinte ao fim do tratamento. Em geral são alguns anos depois! Ou seja, o tempo vai passando, passando,  e sabemos que mulheres tem um limite de idade para engravidar.

Apesar de não ser o meu caso, pois já passei da idade e por sorte já tive meus dois filhos lindos,  decidi conversar com meu médico sobre sobre isso e saber quem deve orientar a paciente nesses casos e o que é possível fazer.

Vejam o que o Dr. Cleverton Spautz me respondeu:

"Toda paciente jovem, em idade reprodutiva, ao ser diagnosticada com câncer deve ser orientada pelo seu oncologista sobre a influência do tratamento em sua fertilidade.

Essa influência poder ser direta, em casos dos cânceres de colo de útero, útero e ovário; ou indireta, quando o tratamento quimioterápico, radioterápico ou outros medicamentos afetam a fertilidade. Portanto, tão logo possível, toda mulher em fase reprodutiva deve ser orientada sobre a viabilidade da preservação de sua fertilidade.

Cabe ao oncologista encaminhá-la ao aconselhamento com um médico ginecologista especialista em reprodução humana. Este profissional vai orientá-la sobre as possibilidades tais como, congelação de óvulos, embrião, tecido ovariano e uso de medicamentos durante a quimioterapia para proteção ovariano  A congelação de óvulos é a opção mais utilizada atualmente. Contudo, a congelação de embriões e até mesmo a congelação de tecido ovariano (técnica ainda em fase de estudos) podem ser utilizadas . Também há a possibilidade do uso de medicamentos durante a fase de quimioterapia que reduzem a chance de falência do ovário. O risco da paciente não engravidar naturalmente, deve-se, na maioria das vezes, ao uso da quimioterapia durante o tratamento. Os medicamentos utilizados para quimioterapia tem a característica de atuar nas células que estão em divisão. Por isso, explicam-se alguns dos efeitos colaterais da quimioterapia tais como a queda de cabelo. Da mesma maneira, os folículos ovarianos (que produzem os óvulos) sofrem estes efeitos e são parcial ou totalmente destruídos durante o tratamento. Por isso, as pacientes submetidas a quimioterapia podem perder parte ou toda a sua reserva folicular e não mais engravidar".

Então, eu quero pedir a vocês que estão lendo este post, que comentem o assunto com mulheres jovens. Você será um multiplicador dessa informação e elas também. É desse modo que  vamos ajudando outros pacientes, homens também, a tentar evitar problemas futuros. Que tal?

 

YOGA

Bom, agora quero contar que estou procurando um  espaço para as aulas de Yoga, numa região central. De preferência, perto do HC. Uma pessoa está vendo isso pra mim, porém, se mais alguém quiser ajudar, seria ótimo. Tem que ser de graça, assim como as aulas são.

Com um espaço central, queremos formar turmas com pacientes do SUS ( por isso perto do HC), que não costumam ter acesso a este tipo de atendimento.

As aulas têm sido maravilhosas. Dá pra perceber pelo sorrisão da Cassiana Pizzaia, na foto da Juliana Mundim, né? 

Incrível como somos um grupo unido e integrado que, muitas vezes, se emociona e chora, mas não um choro de tristeza, é quase de alívio, não sei explicar muito bem. Mas, na maior parte do tempo, rimos. E rimos muito! Temos um grupo no whats só para o yoga. Gente, sabe aquela mensagem que a gente espera muito? pois é! é bem assim. A Patty é uma pessoa adorável e divertida. Mas, acima de tudo, muito dedicada e com um coração enorme. Estuda muito sobre como o yoga pode nos auxiliar, como e quais os aromas são mais indicados e muito mais. Uma pessoa que caiu do céu.

Por isso, quero tanto que outras mulheres possam receber todo esse carinho e toda essa dedicação que ela tem para oferecer.

Ah, ganhei até festa de aniversário surpresa lá no Yoga!! Uma graça. Um carinho organizado pela Ju e pela Patty. Obrigada, meninas!

 

DOAÇÃO DE LENÇOS

E seguem as  boas notícias!

Hoje, conversando com a Paula, minha vizinha, soube que ela gostaria de doar lenços para mulheres com câncer! Olha que coisa boa!

Então, como ela tem tecidos, vou levar um modelo para ser confeccionado. Juuuu, nossa ideia do Varal de Lenços vai começar a ser colocada em prática!

Queremos colocar em hospitais e clínicas de oncologia, um varal com vários lenços pendurados de um lado e do outro um espaço vazio. No lado vazio um recado: "Se você tem lenços para doar, deixe aqui". 

Do outro lado, o dos lenços pendurados, outro recado: "Se você precisa de lenço, pegue aqui o seu".

Então, quem tiver lenço pra doação poderá levar nos pontos que iremos informar ou entrar em contato com a gente. E aí? o que acham?

Ah, as perucas doadas pela Elianai já estão com o Dr. Cleverton, que  irá fazer as entregas lá no HC. Ele vai fotografar e depois publico aqui!

 

 

 PEDIDO DOS ANjOS DO BEM

 O projeto Anjos do Bem está com a produção parada porque precisa de tecido, tricoline, para a confecção das Asas.

Gente, esse pessoal está trabalhando desde o começo do ano para, no Outubro Rosa, levar esperança para centenas de mulheres.

Quem puder ajudar entre em contato com a Mariah Rodak, responsável pelo projeto, fone 41 9969-7658, ok?

 

Nossa eu teria assunto pra escrever muito mais, mas não posso abusar de vocês, né? Fica para o próximo post! beijo a todos e vamos em frente!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Destaque

Uma outra Perspectiva para a Cura - Parte III

November 4, 2019

1/7
Please reload

Siga, Curta e Compartilhe
  • Facebook ícone social
Ultimos posts

September 23, 2019

July 13, 2019

Please reload