Since 2015 | Todos os textos e imagens foram produzidos por Vanusa Vicelli e/ou Jucienne S R Camilotti, exceto quando sinalizado. | Todos os direito reservados. Proibido divulgação sem autorização.

Madeeeeeiiiiiraaaa! E lá foi a Vanusa pro chão!

07.01.2017

Esta semana, retomei meus exercícios na academia. Durante as férias coletivas do pessoal de lá procurei caminhar e fazer exercícios por conta própria, afinal o importante é  a gente se manter em atividade.

Como já contei aqui, exercício físico diminui não só o risco de desenvolver câncer, como de recidivas também ( a volta do câncer). Por isso, encaro como parte de um tratamento para a vida toda.

Sem contar que  diminui as reações causadas pelo bloqueador hormonal. Os calorões e as dores articulares têm sido as mais chatas. Com o verão, quando a onda de calor chega, além de vermelha como um pimentão, começo a transpirar a ponto de molhar a cabeça. Sem contar a sensação de picadas nos braços e nas pernas! 

 

Mas, ok! Isso  também acontece com mulheres que não tomam o Tamoxifeno, quando entram na menopausa.

Minha dificuldade com os exercícios tem sido causada por um tombo! mais um... Desta vez, escorreguei e caí de lado, bati o quadril e o ombro. Uma beleza!! Achei que a camada adiposa ( gordura) fosse me proteger mais!!! Nem pra isso, viu?!

 

Sempre que caio, lembro daquelas cenas de lenhadores cortando árvores bem altas e gritando, "Madeeeeeiiiiraaaa"! No meu caso a gente grita: "Vanuuuuusaaaa", e lá estou eu... "Na chon"!!!

A dor no quadril começou no dia seguinte à queda. Com as caminhadas passei a sentir um pouco mais. E na volta à academia, mesmo sendo poupada pelos instrutores, ontem a dor chegou ao limite.

 

Por sorte era o dia de acupuntura com meu querido primo, Luis Carlos Câmara Vicelli. Como ele é fisioterapeuta, usou um aparelhinho mágico, que ajudou bastante. Sem contar a acupuntura, propriamente dita. Por recomendação dele, fiz compressa quente à noite e passei uma loção à base de arnica. Melhorou bastante, mas acho que tenho de ir a um ortopedista!

 

Não posso ficar sem ir à academia! tô levando à sério. 

Ah, a academia também é para que eu emagreça, né? Mas tá difícil!!!!

E a vontade de comer doce não acaba nunca! I M P R E S S I O N A N T E!!!

 

Não quero e nem posso mais ficar magrinha como modelo de passarela, despencaria tudo a essa altura do campeonato. Até os peitos novos, já pensou!!! Ah, não!

Mas preciso emagrecer bastante pra ainda ficar cheiinha! 

Enfim, cada fase é uma fase e o que a gente precisa é encarar, né? Mesmo com os tombos e  as doçuras da vida! kkkk

 

Antes de me despedir quero contar que tenho uma priminha linda, de 15 anos e que mora perto de Fortaleza, no Ceará, e que está em tratamento contra um tumor no cérebro. Uma menina que vem enfrentando tudo com uma força que faz muito adulto se sentir pequenininho!

Orgulho de você, Yarinha!!!

Dizem que para as batalhas mais importantes são escolhidos os guerreiros mais valentes! 

Estou sempre  com você no meu pensamento e no meu coração! 

 

Até semana que vem pessoal!

 

 

Please reload

Destaque

Uma outra Perspectiva para a Cura - Parte III

November 4, 2019

1/7
Please reload

Siga, Curta e Compartilhe
  • Facebook ícone social
Ultimos posts

September 23, 2019

July 13, 2019

Please reload