Since 2015 | Todos os textos e imagens foram produzidos por Vanusa Vicelli e/ou Jucienne S R Camilotti, exceto quando sinalizado. | Todos os direito reservados. Proibido divulgação sem autorização.

Um brinde a 2018! Mas cuidado com os excessos!

 

Eu me despedi, cheia de gratidão, do ano que passou e brindei o início deste novo ano, como a maioria deve ter feito, né?

Fui até ver a queima de fogos, coisa que não costumo fazer porque odeio o barulho e acho muito perigoso. Fui por insistência do meu filho caçula,  e logo me arrependi pois, o que deveria ser bonito, estava realmente muito perigoso. Muita gente bêbada soltando fogos e vários deles indo em direção ao público. Poucos minutos depois, estávamos em casa. Confesso que fiquei um pouco estressada!

 

Gosto só daquela chuva de estrelinhas, sabe? que enfeita o céu e não assusta nem humanos e nem animais. Não sei porque tem que ter barulho... e também não  sei porque  a venda de fogos de artifícios não é limitada apenas para empresas especializadas em queima de fogos. Qualquer um compra esse negócio!!!

 

Bem, estava no litoral,  um calorão ... tomei  uma latinha de cerveja, coisa rara, uma vez que gosto mais de vinho! Ou seja, também gosto de um ou outro brinde!

 

Li no G1 que a Revista Nature publicou, no dia 03 deste ano, uma pesquisa da Universidade de Cambridge (UK) demonstrando de que maneira o álcool atua sobre as células, favorecendo o desenvolvimento de vários tipos de câncer. Boca, faringe, laringe, esôfago, estômago, fígado, intestino e mama, por exemplo.

 

Não quero atrapalhar as férias de ninguém, principalmente de quem está curtindo com um drink  (ainda se fala isso? kkkk),  longe de mim!

Afinal, não vai ser um choppinho aqui, uma caipirinha ali, que vai causar câncer. Mas, se este  é um hábito recorrente, aí a pessoa precisa se preocupar.

 

Li uma reportagem da BBC que citava o estudo do Fundo Mundial para Pesquisas sobre Câncer e afirmava que meia taça de vinho ao dia ou, um copo pequeno de cerveja ao dia, já seria suficiente para predispor ao câncer.

Imaginem que no planeta Terra, 250 mil pessoas morrem todos os anos de câncer de fígado, sendo o álcool o fator que detona a doença. É 1/3 do total das mortes por este tipo de câncer. Bastante, né?!

 

O alcoolismo está relacionado a mais de 200 doenças e mata mais do que a AIDS, a tuberculose e a violência juntos. São 3,3 milhões de pessoas por ano, de acordo com o que revelou a ONU, em 2014.

E ainda tem a combinação álcool e volante, com resultados trágicos também.

 

Credo, quanto número! kkk 

Mas é que jornalista, apesar de não saber fazer conta direito, adora números e pesquisas, enfim... não fujo a essa regra!

 

Você pode pensar, mas eu não bebo! pra que quero saber disso!

Pois alguém do seu círculo de amigos deve passar da conta, será que não? E o que dizer dos adolescentes, começando a beber a cada dia mais cedo! E muito! Quem não tem filhos, tem sobrinhos, ou gosta dos  filhos de amigos. Então, este assunto é pra todo mundo.

 

Meu filho costuma contar cada situação deprimente que ele vê em festas, envolvendo adolescentes de ambos os sexos! 

Ou seja, conhecer os números que citei, pode ser um alerta, se não pra você, para alguém do seu círculo! em especial para os jovens! E conversar com eles, mostrar que cuidar da saúde deve começar cedo, pode fazer toda a diferença!

 

Semana que vem falaremos a respeito do C.A. de útero!  Afinal, estamos em janeiro, mês da conscientização a respeito dessa doença!

 

E falarei do restante das compras lá para o HC!

 

Beijo a todos  e vamos em frente!

 

 

 

 

 

Please reload

Destaque

Uma outra Perspectiva para a Cura - Parte III

November 4, 2019

1/7
Please reload

Siga, Curta e Compartilhe
  • Facebook ícone social
Ultimos posts

September 23, 2019

July 13, 2019

Please reload