Since 2015 | Todos os textos e imagens foram produzidos por Vanusa Vicelli e/ou Jucienne S R Camilotti, exceto quando sinalizado. | Todos os direito reservados. Proibido divulgação sem autorização.

Historinhas que contamos pra nós mesmos

Onde foi que eu parei mesmo?

Mais alguns dias e faria um mês sem post! Desculpem! Andei bem atarefada profissionalmente! 

 

Participei de um treinamento de 41 horas, no fim de semana, onde nosso treinador diria sobre a frase anterior: Isso é historinha!!!!!!! rssss... uma tentativa de justificar o que não tem justificativa. Afinal, quando a gente quer, a gente arruma tempo, né?  Mas, daqui a pouco volto a este ponto da historinha, rsss!

 

Agora o que quero mesmo é falar sobre o quanto este treinamento reforçou tudo que costumo dizer aqui, no grupo do whatsapp, nas palestras ou para amigos. Somos capazes sim de mudar nosso padrão de pensamento. Podemos sair de um padrão de vítima, para o de vencedor! E, deste modo, vivermos melhor nossos dias.

 

Paulo Vieira - que aqui chamei de treinador - nos mostrou ( tinham mais de quatro mil pessoas na plateia) que, a neurociência e a física quântica já provaram essa nossa capacidade. Tanto a de mudar nosso padrão mental quanto a de transformar nossa realidade. 

Por isso, sempre digo a quem recebe um diagnóstico de câncer: aceite! Não fique querendo encontrar os motivos daquilo que já é fato. Vá atrás de transformar essa experiência a seu favor! 

 

Aceitar o câncer  não é ficar se lamentando  ou se vitimizando. Por favor, hein?

Veja só, vai perder os cabelos? Vai lá e raspa de uma vez. Faz uma bela de uma maquiagem e ergue a cabeça. Ah, não esquece do brinco!!! Aproveita e coloca um bem grandão! E então, dá uma olhada no espelho!

Eu duvido que não vá se achar linda!

 

Aceitar não significa ficar sem fazer nada. Não mesmo! Vai lá, faz exercícios físicos pra amenizar as possíveis dores musculares - uma das reações `a quimioterapia. Procure se voltar para a espiritualidade, evite filmes, músicas e pessoas tristes ou pessimistas! Cuide de você, cuide da sua alimentação e,

S O R R I A!

 

Sorrir, libera serotonina! sorrir deixa sua mente mais feliz, mais preparada. Tente não reclamar o tempo todo por qualquer coisa. O cérebro se acostuma ao caminho da reclamação e isso se transforma num vício.

 

Garanto que você conhece alguém assim, aquele tipo que reclama se chove, reclama se faz sol, reclama se o tempo fica nublado e reclama, e reclama... se você diz que está com um pouquinho de dor de cabeça, a pessoa já diz que está com enxaqueca! Sempre se justifica por um problema! Sempre...

 

Pra não correr esse risco, procure A G R A D E C E R!

Não tô dizendo pra agradecer a doença, não mesmo!

Mas agradecer a chance de se tratar, agradecer pelo dia que nasceu, pelo alimento que provou, pelo abraço que recebeu, pela familia ou amigos que tem. Força, você consegue! É mais fácil do que você imagina! rssss

 

Ah, agradecer pelos desafios da vida também, afinal, são eles que nos fazem aprender a lidar com as dificuldades que ainda virão.

Mais ou menos como um cestinha do basquete. Pra conseguir marcar pontos, ele fica horas tentando fazer a bola entrar no cesto. Até que aquilo passa a ser algo muito mais fácil! 

Mudar o rumo dos pensamentos é assim também. Corte os maus pensamentos, as palavras e sentimentos negativos! Substitua-os por algo que te faça feliz!

 

Voltando à historinha. 

A maioria de nós já se habituou a fazer isso. Justificar-se! É muito raro alguém que diz: eu não escrevi porque preferi assistir um filme nas minhas horas de folga, ou ler um livro e assim por diante.

 

Então, vamos evitar contar histórinhas pra nós mesmos? Vamos assumir nossas ações e procurar melhorá-las!

 

Exercício para o momento em que terminar de ler este post. Agradeça a Deus ou a alguém, por algo!  Combinado?

 

Beijo e até breve!

 

Please reload

Destaque

Uma outra Perspectiva para a Cura - Parte III

November 4, 2019

1/7
Please reload

Siga, Curta e Compartilhe
  • Facebook ícone social
Ultimos posts

September 23, 2019

July 13, 2019

Please reload