Since 2015 | Todos os textos e imagens foram produzidos por Vanusa Vicelli e/ou Jucienne S R Camilotti, exceto quando sinalizado. | Todos os direito reservados. Proibido divulgação sem autorização.

Para 2019: talvez, uma nova cirurgia?

 (ao lado da minha amiga querida, Zezé Volpine)

 

Último dia do ano e eu venho com essa! rsss

Mas, é que tenho tido mais tempo e tenho me olhado muito no espelho ultimamente (kkkk, não é narcisismo, juro! é espírito crítico).  Minha mama esquerda, a que passou pela cirurgia de retirada do tumor, pela reconstrução imediata e, posteriormente, pela radioterapia... precisa de reparos!  Eu achava que não iria querer mexer ali nunca mais, porém, confesso que esse tem sido um pensamento recorrente.

 

Depois de dois anos e meio da cirurgia e  da radioterapia ( que completou dois anos em setembro), meus peitos estão assimétricos.

Parece que, por causa da radiação a mama esquerda "subiu" .

Sim, isso mesmo!

 

Mas, há o que fazer. ufaaa!

Parece que é possível remover as necroses internas, injetar gordura, melhorar a forma... Dr. Cleverton Spautz já tinha me explicado, algo assim.

O estranho é que eu achava que nunca mais iria querer arrumar nada. Afinal, eu fiquei com meus peitos, apesar de tudo que eles passaram! kkkkk Estava contente só por isso!

 

Hoje, experimentando algumas roupas para usar na Virada, a tal assimetria me incomodou profundamente.

Já estou muito acima do peso e agora... com "os faróis desregulados"???!!!!!!! Ah, não né?  kkkk

 

Por sorte eu havia marcado um horário com o Dr. Cícero Urban pra janeiro. Ainda não tenho certeza se vou fazer algo, mas preciso - pelo menos - saber direitinho o que pode ser feito.

 

Meus cabelos andam muito opacos e "sem balanço". Ressecadíssimos!!! Minhas unhas, sempre foram fraquinhas, mas agora estão muito piores. Não menstruo desde minha terceira quimioterapia ( aos 46 anos) e isso colocou meu corpo na menopausa (talvez tenha outro nome), e agora, já tenho idade para ela.

 

Comecei a sentir dores nas articulações com mais frequência do que antes.

Percebi também que rugas quase invisíveis estão mais profundas...

 

Mas eu continuo me sentindo, sei lá... como se tivesse 30, 35 anos! kkkk Meu documento de identidade teima em me contrair. Lá, diz que vou completar 50 anos em 2019! Um completo absurdo! como é que pode?! kkkk

 

Mas como papel aceita qualquer coisa, nem vou discordar! rssss

Minha pele anda pra lá de ressecada, especialmente os pés e  as mãos . Hidrato muito, mas nem assim resolve. ( ok, ando muito descalço, o que piora um pouquinho a situação dos pés!).

 

Envelhecer incomoda!  Ter esse envelhecimento um pouquinho acelerado pelo tratamento, chateia um pouquinho, sim! Mas aí, eu penso, putz! tô reclamando de quê? tô viva!!!!!!!!!

 

Não emagrecer me deixa p.da vida comigo mesma. E ter a mama "fora de esquadro", anda me incomodando pacas! achava que essas coisas fúteis não me abalariam mais... (às vezes sei que sou prepotente, affff!).

 

Porém, não quero que isso determine se serei triste ou feliz, afinal, a vida é muito mais do que toda essa coisa de juventude e beleza.

Tive lá meus dias de glória, vai? kkkk Conheço mulheres infelizes porque não aceitaram as consequências que uma vida longa inflige ao corpo. Não quero isso pra im!

 

Então, hoje, pensei o seguinte: vou "consertar" o que for possível! E aceitar o que não tiver jeito! 

 

Estou abrindo pra vocês alguns dos meus sentimentos mais íntimos, porque algumas mulheres - na ânsia de eliminar a doença - pensam logo em mastectomia. Às vezes não querem aceitar os conselhos médicos de fazer uma cirurgia menos radical.

Porém, quando a tsunami passa e a vida vai entrando nos eixos... aí pode vir essa sensação que estou enfrentando - em relação aos meus peitos "fora de nível". Pode vir este sentimento que é um soco na boca da  autoestima.

 

Agradeço por ter tido médicos que fizeram em mim o que chamam de cirurgia conservadora ( preservando o máximo possível de tecido e glândula mamária). E por ter acesso a um dos maiores nomes da Cirurgia Reconstrutiva do Brasil, e um dos grandes nomes internacionais, o Dr. Cícero Urban. 

Emagrecer vai depender do meu empenho. As rugas... vou ver se dá pra melhorar com alguns creminhos, talvez laser... nada radical e sem gastar muito...

 

Bom, já o Ano Novo está batendo a nossa porta. Mudanças exteriores são importantes... mas as mais importantes acontecer do lado de dentro. Que sejam as melhores mudanças então. Pra mim e para vocês também!

 

Feliz 2019!

Please reload

Destaque

Uma outra Perspectiva para a Cura - Parte III

November 4, 2019

1/7
Please reload

Siga, Curta e Compartilhe
  • Facebook ícone social
Ultimos posts

September 23, 2019

July 13, 2019

Please reload