Since 2015 | Todos os textos e imagens foram produzidos por Vanusa Vicelli e/ou Jucienne S R Camilotti, exceto quando sinalizado. | Todos os direito reservados. Proibido divulgação sem autorização.

Beleza na tristeza

Ufaaaa! foi isso que pensei quando vi a página em branco! Um suspiro profundo me veio e me fez pensar o quanto pequenas ações podem ter grandes resultados! Por isso, leia até o fim... acho que vc vai entender o motivo.

A foto é de um encontro de amigas em Londrina, não estão todas aí, mas foi um momento que tive vontade de compartilhar. Até porque, a Marcia Kaneko (a japinha do meu ladinho) está presente neste post! E os pratos, foram um presente pra cada uma usar ou colocar na parede! 

 

Hoje estou emotiva! 

Foram as lágrimas que me trouxeram aqui depois de tanta ausência. As últimas semanas foram uma loucura, bastante trabalho - coisa que não reclamo - e muitos casos de mulheres com câncer que chegaram até mim com necessidades das mais variadas.

Vou dividir com vocês algumas dessas histórias. Mas antes quero agradecer a algumas pessoas que estiveram envolvidas com elas, de alguma maneira:

Edina Midori, Marcia Kaneko, Carina Moraes, Marcia Capello Avilla, Fábio Luis Dias, Adriana Zadrozny, Robson Ampessan, Roseni e Suzana - pessoas que fazem a diferença no mundo!

 

(foto da Edina Midori, em dia de voluntariado - Santa Casa de Ponta Grossa)

 

História 01 - Ela contrariou todos os prognósticos (Síndrome de Stevens-Johnson)

 

Há algumas semanas, não eram ainda 8h30 da manhã, minha querida amida e parceira de voluntariado Edina Midori me ligou - muito ansiosa - porque uma paciente em Ponta Grossa precisava com urgência de transferência para o Hospital Evangélico de Curitiba, para a ala de queimados. Eu pensei... mas não tenho esse poder, o que é que eu vou fazer? Porém a ansiedade da Midori me mostrou que precisava tentar.

Bem, respirei fundo e comecei a fazer contatos. Enviei as fotos da paciente que, depois de uma cirurgia para remoção de um tumor, desenvolveu  uma síndrome que lhe fez bolhas pelo corpo inteirinho. Estava sedada e entubada, o caso era gravíssimo!

 

Nenhum dos meus contatos deu qualquer resultado. Foi então que a Edina me disse que poderia ser o HU de Londrina. Algumas mensagens depois, fico sabendo que ela já estava na fila de transferência para lá. Aguardavam apenas abrir uma vaga. E não é que poucas horas depois, a vaga surgiu?

A Edina disse que a comoção foi geral no Hospital de Ponta Grossa! 

 

 

Porém, conversei com um médico que me disse se tratar de uma síndrome  gravíssima e com poucas chances de recuperação. 

Tentei preparar minha amiga para as más notícias. Dias depois, recebo fotos da paciente com a pele cicatrizando. Fiquei tão feliz! No entanto, ela contraiu uma infecção... novo balde de água fria nas esperanças.

Mas essa mulher, a paciente, mostrou que o que veio ao mundo para lutar. A melhor notícia que poderia ter recebido esta semana: Ela está em casa. Contrariou todos os prognósticos e está de alta!

-------------

Saúde começa pela cabeça & o coração enorme de alguns profissionais

 

Paralelamente a isso, recebi vários pedidos de acompanhamento psicológico gratuito para pacientes com câncer. Fiz contatos com alguns psicólogos, alguns que nem conheço pessoalmente.  Uma assistente social também. Alguns deles toparam imediatamente atender voluntariamente os pacientes? Meu coração, mais uma vez, se encheu de alegria!

Preciso agradecer à psicólogos Carina Moraes, à Márcia  Capello Avila e Fabio Luis Dias, Rozeni Scarante  e Suzana Maria da Silva . Obrigada!

--------------

 

Dr.Robson e a Ju, lá no Canadá

 

Tenho uma amiga recente e virtual, ela está no grupo do WhatsApp do Laços do Peito, que apesar de muito forte e de cabeça ótima, está sofrendo, particularmente, com uma reação do tratamento, a mucosite( aftas comuns aos pacientes em quimioterapia)

Pedi ao meu dentista, Dr. Robson Ampessan, uma dica, pois esse problema causa grande dor e cria dificuldades para os pacientes. Falei que sabia da laserterapia, mas que esse recurso ainda é caro para a maior parte das pessoas, além de não estar disponível em todos os lugares.

Ele me falou de um produto holandês, à venda qui no Brasil, inclusive por alguns sites, que se chama Blue M, que acelera a cicatrização das lesões.

 

O Dr. Robson disse que outra paciente dele usou e que teve ótimos resultados. Fica aí a dica para você conversar com seu médico ou seu dentista.

Não costumo indicar  produtos, mas a Ju é uma paciente que mora no Canadá e está sofrendo muito com a mucosite. Falei desse produto e descobri que ela foi aluna do  meu dentista, na PUC! rsss

Bem, a irmã  já comprou o Blue M aqui no Brasil e, como tem uma pessoa conhecida indo para o Canadá na terça-feira, a Ju vai poder começar a usar em breve.

Além disso, hoje - em pleno domingo - eu a coloquei em contato com a Adriana Zadrozny, nutricionista, que topou atendê-la à distância. Obrigada, Adri! Nada como falar sobre nossas dores e  receber auxílio  na nossa língua! 

A Adri vai poder ajudá-la com a alimentação e outros recursos dirigidos para melhorar a imunidade e combater outras reações do tratamento. 

 

----------

 

Todo esse movimento, de pessoas que se ajudam. Me emociona pela beleza da solidariedade.  Eu não sei se estou doida, mas consigo ver beleza em meio a situações difíceis e tristes.

Tenho outra história muito forte pra dividir com vocês. Mas esta vai ficar para o próximo post.  Uma história de  muita dificuldade e muita solidariedade também.

 

Amanhã é dia Mundial de Combate ao Câncer. #NaoespereAdoecerpraCuidardaSaude

 

Please reload

Destaque

Uma outra Perspectiva para a Cura - Parte III

November 4, 2019

1/7
Please reload

Siga, Curta e Compartilhe
  • Facebook ícone social
Ultimos posts

September 23, 2019

July 13, 2019

Please reload