Since 2015 | Todos os textos e imagens foram produzidos por Vanusa Vicelli e/ou Jucienne S R Camilotti, exceto quando sinalizado. | Todos os direito reservados. Proibido divulgação sem autorização.

Uma outra Perspectiva para a Cura - Parte II

A CAUSA DO CÂNCER

 

Para conseguirmos ter a cura “de dentro para fora”, devemos começar entendendo a causa, o por que o câncer se manifestou. E é aí que começa o desafio. 

 

O câncer não é algo simples e não possui uma única razão identificável para que ele se manifeste em nosso corpo (assim como a maior parte das doenças crônicas).  Quando temos uma doença infecciosa (como tuberculose, gripe ou dengue), sabemos determinar qual o microorganismo causador, já no câncer há um grande número de fatores contribuindo. 

 

Sabe-se que quase certamente, células cancerígenas estão presente em todos nós, navegando pelo nosso corpo. E também que elas são controladas pelo nosso corpo e seu sistema de defesa.

 

Para facilitar o entendimento, vou dividir as “causas” em dois grandes grupos.

 

Primeiro Grupo: Mutação celular e sua divisão

 

O câncer inicia causando uma mutação (uma mudança randômica ou erro genético) no DNA de uma única célula. Esta mutação pode ser originada por agentes externos (como o tabaco) ou devido a agentes desconhecidos. O tipo de célula que foi afetada irá determinar a localização do câncer. Porém este simples erro não é suficiente sozinho. Esta célula com mutação se divide muitas e muitas vezes, originando várias células irmãs. Essa família de células mutantes pode torna-se perigosa e permitir que o câncer se desenvolva caso o sistema de defesa do corpo não esteja “atento”. 

 

 

 

Segundo Grupo: Sistema de defesa trabalhando incorretamente

 

Nosso corpo é formado por um grande complexo (entre eles, hormônios e moléculas mensageiras como as citrinas e interleucinas) que  utiliza vários mecanismos para sinalizar quando uma célula deve continuar a se dividir ou parar. Se o sistema que regula essa divisão celular não está trabalhando corretamente, células com potencial cancerígeno estão mais sujeitas a crescer e se tornar um câncer detectável clinicamente.

 

Para entender os dois grupos de “causas”, é só imaginar as células mutantes se dividindo intensamente sem ter a resposta dos mecanismos de controle do seu corpo ou sem a mensagem que diga para as células pararem de se reproduzir. Sendo assim, o câncer é o resultado de pelo menos dois eventos: uma mutação celular e a falha de regulação.

 

 

 

Agora que entendemos melhor a “causa” do câncer, podemos pensar sobre como ajudar nosso corpo a encontrar a cura “de dentro para fora”. Uma célula mutante não pode ser mudada, porém podemos fortalecer os mecanismos que regulam o crescimento celular. Você sabe como? 

 

Atualmente já temos evidências científicas de que a mente ou o cérebro são os maiores reguladores do nosso corpo, podendo, muitas vezes, serem mais eficazes do que agentes químicos. Sendo assim podemos trabalhar nossa mente para melhorar as condições do corpo e fazer com que o câncer tenha mais dificuldade para crescer.

 

Está difícil de acompanhar? Vou simplificar…

 

 

 

QUAL A SUA “SOPA”?

 

Imagine que seu corpo é uma grande panela de sopa. E que todas as emoções e pensamentos que temos durante o dia e noite, são os ingredientes desta sopa. Se temos emoções depressivas, nossa sopa será depressiva; se temos emoções negativas e nervosas, teremos uma “sopa nervosa”.

 

O câncer leva meses ou até anos para desenvolver até um tamanho que possa ser detectável. Quando ele é finalmente encontrado, sabemos que ele cresceu acostumado em um meio químico ou na “sopa” que o seu corpo proporcionou. 

 

Portanto, para mudar o sabor da sopa e fazer com que o crescimento do câncer seja modificado, precisamos mudar nossos pensamentos e emoções (os ingredientes da sopa).

 

A direção dessas mudanças é o caminho da harmonia, paz, relaxamento, ausência de estresse e conflito. 

 

Assim que a mente mudar seu caminho, o seu corpo receberá o sinal de que tudo está bem, e a “sopa” irá mudar sua composição para a melhor substância possível, restringindo assim o crescimento do câncer (ou qualquer doença). 

 

Qual seria o sabor da sua sopa? Você acha que conseguiria fazer uma lista dos principais ingredientes dela? Experimente escrever as emoções e pensamentos mais frequentes. Identificá-los será importante para a sua cura interna.

 

Continua…

 

Com amor,

Juci

 

Fonte: “The Healing Journey”, “Can Mind Heal Cancer” e anotações pessoais. Os dois livros foram escritos por Alastair Cunningham, ele fez dois PhDs (em microbiologia e psicologia) e também é sobrevivente de câncer. Iniciou pesquisas relacionadas ao processo de cura (utilizando a mente) em 1982 no Hospital de Câncer Princess Margaret, aqui em Toronto, CA. Ele é reconhecido internacionalmente como pioneiro e líder mundial em psico-oncologia. 

 

 

 

Please reload

Destaque

Uma outra Perspectiva para a Cura - Parte III

November 4, 2019

1/7
Please reload

Siga, Curta e Compartilhe
  • Facebook ícone social
Ultimos posts

September 23, 2019

July 13, 2019

Please reload